Estes foram os 11 desenhos de t-shirts que foram feitos para marcharmos ontem no Porto. Tirando uma, cujo texto foi considerado demasiado soft para ser “usado” na marcha do Orgulho, todas as outras foram vítimas de conspirações várias. A ver, como a das máquinas de estampar da Decathlon, que decidiram descalibrar-se na semana em que tínhamos de imprimir as nossas camisolinhas, ou a das meninas do centro de cópias do Cidade do Porto, cinco marmanjas que estam numa loja às moscas e decidiram que só podiam estampar uma t-shirt 1h45m depois…

Ficam os bonecos, para que saibam que aqui no Tangas nos fartamos de trabalhar, mesmo quando as coisas não têm o resultado esperado. Amanhã é outro dia.