Houve tempos em que as lésbicas eram o papão, mas se divertiam com isso. Nos EUA, duas etiquetas de música empenharam-se em lançar nomes como Meg Christian e Sue Fink, cantautoras activistas e bem humoradas.
Este vídeo, que não se pode ver fora do YouTube, retrata um dos clássicos lésbicos – a paixoneta pela profe de ginástica: http://www.youtube.com/watch?v=msIP4k_0QGs&feature=related