Ainda e sempre o principal problema é o círculo vicioso de discriminação e invisibilidade. Como quebrá-lo?