All rights © Tangas Lésbicas

Estava um sol magnífico há um bocado. Não me apetecia escrever nada sobre primas. Mas havia muitas a caminhar à beira-mar.
Agora já não está sol, mas continua sem me apetecer escrevinhar nada. Já não há primas em caminhadas.
Mas também, com a energia que a menina Pagu costuma trazer com ela para este blogue, está a dar-me uma preguiça…
Já agora, sabem aquela anedota da prima que estava ao sol e veio outra prima meter conversa com ela? O que está a prima a fazer? — pergunta a prima que chegou. Estou a ver se me desamparas a loja e deixas de me tapar o sol — responde a primeira prima, muito chateada. Oh… — exclama a outra, desiludida. — Eu sou mais da Lua, se queres saber. E a primeira prima: — Da Lua ou do raio que ta parta, sai daí, que se estava muita bem ao sol antes de tu chegares.
A segunda prima vai-se embora, cabisbaixa. Fica um papelinho a esvoaçar à frente da primeira prima. Ela apanha-o, desdobra-o e lê: Acabaste de deixar fugir a mulher dos teus sonhos!
Furiosa, a primeira prima rasga o papel em bocadinhos: O raio que ta parta a ti também! Como é que eu posso ter sonhos se não me deixam dormir descansada ao sol?