All rights reserved by Tangas Lésbicas

— A menina já foi única em alguma coisa?
— Tipo, filha única?
— Por exemplo.
— Não. Tenho um irmão mais novo que deitou essas aspirações abaixo.
— Compreendo. Eu tenho quatro irmãs…
— Pois. Nem a única filha pode ser.
— Mas há uma coisa que eu sou, de certeza absoluta.
— Sim?
— Prima única.
— Duvido.
— Se fosse a si ia mais devagar.
— Explique-se.
— Claro. No meu bairro, por exemplo, sou sempre a única prima. Nunca mais nenhuma se manifesta.
— Acha que isso é um recorde?
— Um múltiplo recorde: também sou a única prima na família; na escola, era sempre a única prima; entre as amigas, idem; no emprego, nem se discutia outra hipótese. Está a ver o Guiness a avançar na minha direcção?
— Já agora, acrescente lá a sua tendência para arranjar relacionamentos com primas que o são pela primeira vez.
— Genial! Vou anotar isso também…

Anúncios