Nascer do Sol na Ponta do Ouro (Foto: Tangas)

Antes que a Tangas comece a esbracejar, a enviar mails, ameaças, sopapos virtuais e outros que tais (rimou mas nem era a intenção), venho aqui deixar uma crónica antecipada.
Minhas caras, este fim de semana vou a banhos moçambicanos. A menina Tangas vai ter um ataque de inveja ao saber que estou na terra dela mas a verdade tem que ser dita. E lida.
É verdade. Ponta do Ouro espera-me com uns excepcionais 29, 30 graus……hummmmmm…..cheira-me a paraíso.
Estou tão contente que até consigo relevar os cinquenta rands que gastei agora mesmo na compra do remédio para a Malária. Enfim…..
Bom, mas deixem-me contar esta para não dizerem que não vos trago nada daqui desta parte do mundo.
Já consegui pendurar aqui nas paredes de casa vários mapas. Mundo, Europa, Marrocos e por aí vai. Já fiz fotocópia e plastifiquei o do mundo para poder riscar à vontade e ontem fui fazer o mesmo com o da Europa, enorme, um A0, tipo metro e meio por dois metros, coisa assim….ok……pedi cópia e plastificado.
Tudo bem, deram-me aquilo já enroladinho e lá vim eu a conduzir a Big Boy só com uma mão (já sou expert) e quando cheguei a casa, abri o mapa e peguei na caneta de feltro grossa para começar a riscar, qual não foi o meu espanto quando vi que tinham plastificado do lado contrário, do lado branco, do lado improvável. Quis morrer.
Hoje fui lá de manhã e nem vos conto o que precisei de me torcer para que eles percebessem que tinham que fazer tudo de novo. Pois eles eram três, três, a tentar explicar-me que aquilo estava plastificado….e bem. Creio que só quando comecei a revirar os olhos e a falar uma oitava acima do barulho infernal das fotocopiadoras eles se deram por vencidos. Mas não convencidos, tenho que referir.
Aprendi, em momentos como este, a esticar os braços em posição zen, juntar os dois dedinhos num  suposto circulo, fechar os olhos e dizer baixinho: I can improve. Tem dado alguns resultados embora não tantos como eu gostaria.
Em remate de conversa, acabei de vir do médico. Fui toda observadinha e ele diz que estou óptima. E claro, mais meia centena de rands ao ar.
Darei um mergulho por todas vocês, sei que não é bonito querer o bem só para nós.
Alguma coisa me diz que estes dias vão ser uma aventura. Esperem novidades.