— Que se passa com o teu cão?
— Não quer ir à rua.
— Por causa da chuva?
— Isto é um cão todo o terreno. A chuva não o assusta. Assusta-me a mim, que fico com um cão molhado a espalhar pegadas pela casa fora e fedendo a pêlo húmido.
— Então qual é o stress? Já lhe acenaste com as bolachas?
— Já as comeu. E continua a recusar-se a ir à rua.
— Tem dezoito anos. De que estás à espera?
— Que aproveite a rua, como de costume.
— Dá-lhe mais bolachas. Alguma há-de fazê-lo ir à rua.