All rights reserved by Tangas Lesbicas

— Vamos às sardinhas?
— Passo.
— Porquê?
— Por causa da confusão.
— A menina vai ao futebol e não se queixa…
— O zepórtingue merece.
— E o Santo António não?
— Esse faz-me nervos.
— Como assim?
— Da última vez que fui a um Santo António arrependi-me.
— De quê?
— De ter ouvido o raio do santo.
— Ah… Pode saber-se o que aconteceu?
— Claro que não. De resto, são águas passadas.
— Não parece. A menina ainda está à beira-rio a ver passar a água.
— É para ter a certeza que não voltam.
— Valha-me a santa! Nunca ouviu dizer que mordedura de cadela se cura com pelo de outra cadela?
— Não. Não dou ouvidos a disparates.
— A menina não tem cura…
— Tenho, se se atravessar alguma coisa interessante na minha frente.
— Defina interessante.
— Hum… Uma coisa assim parecida consigo, mas com mais um palmo de altura.
— Ah! Então o problema foi a altura?
— Não. Foi não nos termos conhecido num Santo António.