All rights reserved by Tangas Lesbicas

— Há imenso tempo que a menina não escreve aqui nada.
— Não exagere.
— Desde o dia a seguir ao dia das namoradas.
— Não diga…
— Não vai dizer porquê?
— Não.
— Deixa as suas leitoras no escuro e não diz nada?
— Não.
— Nem me vai dizer a mim?
— Não.
— Inacreditável!
— …
— O quê?
— Não disse nada.
— Pois eu acho que devia dizer alguma coisa.
— Acha muito bem.
— E?
— O quê?
— Não vai dizer nada?
— Não. E acho que já disse isso uma série de vezes.
— A menina é impossível…
— Hum… Está a ver aquela miúda ali em cima, na imagem, aos pulos, contente?
— A que acabou de desenhar?
— Essa mesmo.
— Que tem?
— Vá lá ter com ela e brinque um bocadinho, em vez de se estar para aqui a gastar toda em recriminações.
— Manda-me ter com uma bonequinha que rabiscou, invenção sua, em vez de me responder?
— É a minha resposta. Vá brincar, ande. Deixe de ser velha e resmungona e vá brincar, como compete a qualquer pessoa sã nesta vida.