You are currently browsing the category archive for the ‘tangas de santos’ category.


junho2016-lgbt

Hoje é dia de santas e santos no Porto e Lisboa. Nas outras cidades ainda não. Santos ainda sem estátuas e nichos e devotos. Também falta o fogo de artifício que os consagra como verdadeiramente populares. Mas há marchas — ainda sem concurso de bairros, associações ou agremiações — comida e bebida como deve ser, festa e música. Discursos, actividades, mas ainda faltam os vasinhos de flores e as quadras estampadas em bandeirinhas. Ó santos do meu país, ainda se cala a desgraça, ainda pouco se diz…
Hoje há santas e santos e amanhã cala-se a festa até ao próximo ano. Mas hoje dança-se e canta-se, pelo menos em duas cidades. Nas outras a festa é mais discreta, de preferência um bocadinho desviada dos rossios e das praças dos municípios — quem quiser dessas que se desloque à babel de Lisboa ou à do Porto. Hoje são santinhas e santinhos a saltitar um pouquinho, felizes por um só dia.
O que interessa o que defende a lei, se mesmo assim nenhum autarca, nenhum governante estimula a festa em todas as cidades? Ou corrige assimetrias? Ou deixa de pensar que estas coisas de defesa dos direitos de cidadãos são da única e exclusiva responsabilidade dos mesmos, esses grupelhos a quem a igualdade interessa.
Hoje há marchas sim, mas não para todos nem para todos. Há marchas que se empurram com a barriga (ou partes menos rotundas do corpo) porque na verdade nenhum político se atreve ainda a defender direitos em todo o País. Ou seja, alguns direitos ainda são mais devidos em duas cidades do que nas outras todas. Pelo menos por um dia.
Santinhas e santinhos destes ainda não moram de verdade no coração. Ainda ninguém vem para a rua gritar Estes santos também são nossos! Também são nossos filhos, nossos amigos, do nosso sangue, do nosso coração!
Não, ainda não. O coração ainda não é tão grande como isso. Ainda só começou a bater abertamente em Lisboa e no Porto. Nas outras cidades não.
Venha o próximo político que jure que em honesto serviço público, se trate estas santas e estes santos como tão dignos de se celebrar em Junho como António, João e Pedro. Ou Maria, Fátima e Conceição.
Hoje há santos, sim, mas ainda indignos de mais admiração do que a própria, ainda apenas orgulhosos por omissão do orgulho, da coragem e do coração dos outros.

Anúncios

http://filmeslesbicos.blogspot.pt/

— Nada como uma tarde de cinema para festejar o Santo António.
— Não era a Antónia, a Santa?
— Para o efeito, dá no mesmo, não dá?
— Já não sei. O Santo podia arranjar-nos um moçoilo garboso para o desfile dos noivos de Santo António Lisboa.
— E quem lhe garante que a Santa Antónia não lhe arranja também um blind date com o melhor amigo de infância dela?
— Não há paz possível com tanta possibilidade…
— Há sim: um bom filminho de primas para nos alegrar o dia.
— E que Santa Abacate nos valha!
— Ainda temos? Sempre se fazia um docinho de abacate com uma pitada de açúcar, canela e vinho do Porto para depenicarmos da mesma tijela. Vamos para o sofá?


All rights reserved by Tangas Lesbicas

— Vamos às sardinhas?
— Passo.
— Porquê?
— Por causa da confusão.
— A menina vai ao futebol e não se queixa…
— O zepórtingue merece.
— E o Santo António não?
— Esse faz-me nervos.
— Como assim?
— Da última vez que fui a um Santo António arrependi-me.
— De quê?
— De ter ouvido o raio do santo.
— Ah… Pode saber-se o que aconteceu?
— Claro que não. De resto, são águas passadas.
— Não parece. A menina ainda está à beira-rio a ver passar a água.
— É para ter a certeza que não voltam.
— Valha-me a santa! Nunca ouviu dizer que mordedura de cadela se cura com pelo de outra cadela?
— Não. Não dou ouvidos a disparates.
— A menina não tem cura…
— Tenho, se se atravessar alguma coisa interessante na minha frente.
— Defina interessante.
— Hum… Uma coisa assim parecida consigo, mas com mais um palmo de altura.
— Ah! Então o problema foi a altura?
— Não. Foi não nos termos conhecido num Santo António.

Desenhos Tangas

Encomende aqui o seu.

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 45 outros seguidores

Ler faz bem às primas!

Blog Stats

  • 294,298 hits
%d bloggers like this: