You are currently browsing the category archive for the ‘tangas para passar o tempo’ category.


natanga-2017

— Que está a fazer?
— A preparar o meu postal para o dia das namoradas.
— Hum… Um bocadinho grande, não acha?
— Acho-o pequeno para o efeito.
— Quer dizer que descobriu a sua alma-gémea?
— Ainda não.
— Mas acalenta esperanças. Estou a ver…
— Não é o que pensa.
— Então o que é?
— Estou a pensar em grande.
— Como assim?
— Cartão grande, pensamento grande.
— Só isso?
— É preciso mais?
— Se calhar não. Eu é que sou dada a coisas mais concretas.
— Não precisa de mo dizer a mim.
— Está a querer dizer-me alguma coisa?
— Não nada de especial.
— Pronto, percebi. A quem vai enviá-lo?
— Este ano resolvi esperar que o venham buscar.
— Vai ficar em casa até que apareça alguém?
— É uma estratégia tão boa como sair por aí desesperadamenta à procura de alguém.
— Nisso tenho de concordar consigo. Mas também pode organizar uma festa e logo se vê se alguém se identifica com o seu postalinho.
— Uma festa? Com as pessoas que conhecemos? Se alguém trouxer uma cara nova é porque a coisa já vai encaminhada.
— E se pedirmos que tragam uma convidada surpresa, de preferência solteira?
— Olha que subtileza…
— É melhor que nada. Acha que as primas alinham?
— Numa festa de corações solitários? Claro que alinham. Anda tudo a namorar o romance.
— Então está combinado.
— E eu a pensar que a menina estava na tanga…

Anúncios

All rights reserved by Tangas Lesbicas

— Faz-me um favor? Chega-me aí o creme solar?
— Acha que é preciso? Parece-me que vai chover.
— Mais vale prevenir do que remediar. E está um solzinho agradável agora.
— Mesmo assim, acha que tem necessidade de protecção?
— Tenho uma compleição delicada.
— Tem mas é sardas que não acabam mais…
— Notam-se assim tanto? É do sol, eu sabia! Passe-me o protector.
— Mas fica com as sardas na mesma, não sei se já reparou.
— Sim, reparei. E com a consciência tranquila também.
— É assim tão importante?
— A consciência? Tem dúvidas?
— No caso das sardas?
— Em qualquer circunstância. É sempre importante.
— Bom, sempre gostei de sardas numa prima.
— Pode tirar o cavalinho da chuva.
— Até parece que tem para aí resmas de primas a gostar das suas sardas.
— O que me importa é que eu goste das primas que gostam das minhas sardas.
— Bem, está a dizer-me que não gosta de mim?
— Claro que gosto. Mas não no capítulo das sardas.
— Está a dizer que não gosta que eu goste das suas sardas?
— Pode gostar das minhas sardas à vontade. É o que estou a dizer.
— Já reparou que isso pode ser uma mensagem pouco clara?
— Pouco clara está a sua cabeça, porque a minha está claríssima. Goste ou não das minhas sardas, isso não me aquece nem me arrefece. Está claro, agora?
— Só estava a fazer conversa.
— E eu a dar-lhe conversa.


All rights © Tangas Lésbicas

 

Queridas parceiras destas crónicas:

É com enorme prazer que aqui estou a anunciar as grandes vencedoras do concurso Check-In.

As duas premiadas são as meninas Vanda e Rita. Parabéns às duas.

Mas, como a minha editora é muito generosa (ahahah) e eu sou um coração de manteiga apesar do que possa parecer), resolvemos premiar igualmente as meninas Avidni e Gert, que também acertaram nas oito respostas.

Parabéns às quatro!!!!

Agradeço a participação de todas, a atenção, o carinho e desejo que este Check-In vos leve a voos tão inesperados quanto inesquecíveis.

Abraços.

Desenhos Tangas

Encomende aqui o seu.

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 45 outros seguidores

Ler faz bem às primas!

Blog Stats

  • 294,298 hits
%d bloggers like this: